Os inscritos se reuniram na Casa de Retiros Padre Anchieta em São Conrado (RJ) e discutiram temáticas sobre espiritualidade, missão e liderança inaciana

MAGIS BRASIL
com informações do padre Paulo Veríssimo, SJ  

A Frente Apostólica de Juventudes e Vocações em conjunto com o Espaço MAGIS Rio promoveram desde a última sexta-feira, 3, o Encontro de Jovens colaboradores na missão da Companhia de Jesus para o Núcleo Rio de Janeiro, Nova Friburgo e Juiz de Fora. O evento que reuniu cerca de 45 inscritos entre jovens, assessores e articuladores juvenis contou com uma programação extensa e a participação de vários jesuítas. Os jovens foram dispensados no domingo, 5, após o almoço.

Iniciando com a Santa Missa, os presentes já na sexta-feira debruçaram-se acerca do serviço da Rede Inaciana de Juventudes. Facilitou a reflexão o Secretário para Juventudes e Vocações da Província dos Jesuítas do Brasil padre Edson Tomé, SJ.

“A Companhia de Jesus sempre esteve junto aos jovens. Nasceu com os jovens e esforça-se para colocar o corpo apostólico a serviço da formação de homens e mulheres para os demais”, disse padre Tomé na conferência.

Após a dinâmica de partilha de grupos, os presentes participaram do Lucenário da Unidade, um momento celebrativo pela acolhida e comunhão entre as diversas presenças e missões.

Formação e espiritualidade

O Sábado foi marcado por quatro conferências onde a Espiritualidade Inaciana; Juventudes e experiências de fé; Liderança Inaciana e os Colaboradores na missão de Cristo foram assuntos abordados.

Foto: Equipe de Comunicação do Encontro

Durante as explanações, os presentes puderam partilhar de forma grupal ou individual seus pareceres, dúvidas e questionamentos.

O coordenador da Pastoral Universitária da PUC-Rio e referencial para Juventudes e Vocações no Núcleo Apostólico Rio de Janeiro, padre Paulo Veríssimo, SJ, em uma de suas explanações respondeu o questionamento de quando a Igreja afasta o jovem. “Penso que quando perde em humanidade. Ao dizer ‘perder em humanidade’, digo também optar por viver espiritualismos alheios à vida concreta. Quando a Igreja aproxima? Quando humaniza, quando ama”, disse.

Já no período da noite após o jantar, foram todos convidados a participarem de uma noite cultural comunitária que animou com música, comes e bebes os jovens e organizadores do encontro.

Frutos colhidos, missão que continua

O domingo foi marcado pela apresentação dos Pontos para a oração à luz da Campanha “Ser Mais Presente”, orações pessoais, conversação espiritual em grupos e socialização das partilhas.

A organização do evento também apresentou a agenda do serviço às juventudes do Espaço MAGIS Rio. A Celebração Eucarística final foi presidida pelo Secretário da Rede Servir e Superior do Núcleo Apostólico, padre José Laércio, SJ.

Compartilhar.

Deixe uma resposta