Momento segue até o próximo dia 14, e corresponde a proposta de Santo Inácio de Loyola para uma experiência concreta de discernimento

Jenniffer Silva – Via MAGIS Brasil
Com informações de Renato Correia, SJ

No último sábado (9), os 13 candidatos ao Noviciado da Companhia de Jesus iniciaram o Voluntariado Vocacional, última etapa da Convivência Manresa, que marca a conclusão do processo de discernimento vocacional.

A experiência segue até o próximo dia 14, e vai de encontro com a proposta de Santo Inácio de Loyola para quem realiza os Exercícios Espirituais: de confrontar a própria vocação por meio de experimentos concretos como estar em meio dos empobrecidos, dos doentes, ou à frente de uma assembleia.

Neste ano, o voluntariado iniciou-se com a apresentação da proposta. No domingo (10), os candidatos estiveram na ocupação 9 de julho, no bairro da Bela Vista, região central de São Paulo.

Ao longo da semana, a ação acontece em duas obras do Serviço Franciscano de Solidariedade (SEFRAS): o Chá do Padre e o Serviço Franciscano de Apoio à Reciclagem. Ambos representam a oportunidade de encontro com as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Acompanham a atividade os jesuítas estudantes: Irmão Luciano Sabedot, SJ e Renato Correia, SJ.

Segundo Renato, a intenção da atividade corresponde ao artigo 189, dos Exercícios Espirituais de que “cada jovem candidato possa sair do seu próprio amor, querer e interesse” e que a experiência realizada junto aos franciscanos representa um “canal de encontro com os empobrecidos e, consequentemente, com o Senhor”, manifestou.

Compartilhar.

Deixe uma resposta