Na celebração, o Arcebispo Cardeal de Lisboa acolheu os peregrinos, desejando uma feliz e estimulante Jornada Mundial da Juventude

Ronnaldh Oliveira via MAGIS BRASIL
com informações de Lucas Sandes

A Jornada Mundial da Juventude teve seu primeiro dia na capital de Portugal, Lisboa. A missa de abertura foi celebrada na Colina do Encontro, presidida pelo Cardeal Patriarca de Lisboa, Dom Manuel Clemente.

Com a expectativa da chegada do Papa Francisco, que embarca para a capital lusitana nesta quarta-feira (2), os jovens puderam já na celebração sentir o clima do que será essa experiência que reunirá mais de 800.000 participantes.

Na homilia, o Cardeal Patriarca de Lisboa, Dom Manuel Clemente, afirmou que “Maria pôs-se a caminho. Um caminho difícil e sem os meios de transporte de que hoje dispomos. E era uma jovem como vós, que há pouco concebera Jesus, do modo único que o Evangelho relata”.

Diversidade na participação

Diversos jovens de nacionalidades distintas participaram da celebração. Voluntários de muitos países também ajudaram ativamente na Missa, o que ofereceu um caráter ainda mais universal e pleno para esta JMJ. “Lisboa acolhe-vos de coração inteiro, acolhem-vos as famílias e as instituições que disponibilizaram os seus espaços e o seu serviço. Agradecendo a todas elas, entrevejo em cada uma a casa de Isabel, que acolheu Maria e o Jesus que lhe trazia”, disse Dom Manuel Clemente.

“Hoje foi um dia muito intenso, onde pudemos celebrar na Eucaristia a beleza da diversidade que existe entre as diversas culturas, realidades e países. Um profundo sentido de comunhão e sinodalidade em que pudemos encontrar e celebrar com a juventude essa bonita experiência que é a JMJ”, afirmou a Irmã Josiane Horta, da delegação brasileira do MAGIS Brasil.

Próximo ao final da celebração, o Cardeal rogou que os jovens se unam em torno do Evangelho e sigam pelos próximos dias. “Desejo-vos a todos uma feliz e estimulante Jornada Mundial da Juventude”, afirmou.

Compartilhar.

Deixe uma resposta