Realizada na Câmara dos Deputados, homenagem contou com a presença de representantes da Companhia de Jesus, CNBB, CRB e CONIC

Jenniffer Silva – Via MAGIS Brasil
Com informações de Daniel Romano

Na terça-feira (12), aconteceu na Câmara dos Deputados, em Brasília, uma sessão solene em homenagem aos 10 anos de pontificado do Papa Francisco. A Companhia de Jesus esteve representada pelos Padres Jerfferson Amorim, SJ, e Miguel Martins, SJ, além do Centro MAGIS Burnier, com a presença do Irmão Ubiratan Costa, SJ, e os colaboradores, Daniel Romano e Gabriel Pacheco.

A homenagem realizada no plenário Ulisses Guimarães foi organizada por um grupo de deputados conhecido como Frateli Tutti, liderado pelo Deputado Federal Helder Salomão.

Além da presença jesuíta, estiveram na cerimônia o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Brasília, Dom Denilson Geraldo, a Presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), Irmã Eliane Cordeiro, a Diretora Geral das Pontifícias Obras Missionárias (POM) no Brasil, Irmã Regina da Costa Pedro, o Secretário Nacional de Economia Popular Solidária, Gilberto Carvalho, e a Secretária Executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC), Pastora Romi Becker.

O PAPA DOS POBRES E DA PAZ

Durante a solenidade, Dom Denilson leu a mensagem enviada pelo Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Jaime Spengler, que destacava a comunicação simples do Santo Padre, seu modo de evangelizar, sua atenção aos pobres, a promoção da paz e dos direitos humanos, além da intensa formação ecológica e social de seu pontificado.

COMPANHEIRO DE JESUS

O Papa Francisco iniciou sua formação religiosa em março de 1958, ao ingressar no noviciado da Companhia de Jesus. Após o período de estudos, recebeu a ordenação sacerdotal em 1969 e, quanto anos depois, foi incorporado definitivamente na Congregação.

Mesmo após ser ordenado bispo, Francisco manteve uma relação afetuosa com a Companhia de Jesus, reconhecido em todo o mundo como o primeiro Sacerdote Jesuíta a ser nomeado Papa.

Compartilhar.

Deixe uma resposta